Casamento ao ar livre ou na igreja: qual é a melhor opção? | Daniel Henrique
Assine e receba nossas dicas

Casamento ao ar livre ou na igreja: qual é a melhor opção?

Casamento ao ar livre ou na igreja: qual é a melhor opção?

Livia e Bruno

 

 

Na hora de planejar o casamento, tudo é pensado nos mínimos detalhes, não é? Desde buffet, salão, vestido, banda ou DJ, fotografia de casamento, bolo, docinhos até, é claro, a festa e a cerimônia!

Afinal, mais do que apenas uma tradição, sabemos que a cerimônia tem um significado muito importante para o casamento, independentemente do local que for realizada.

É nela que se oficializa a união e são celebrados o amor e as bênçãos ao casal — com certeza, um marco na vida dos os dois. Mesmo quem já tem um relacionamento estável pode desejar dar esse start.

Depois, vem a festa, para brindar o momento com pessoas queridas! E, hoje em dia, essas ocasiões podem ser personalizadas de acordo com os gostos dos noivos. Há duas opções mais comuns, principalmente para as cerimônias: ao ar livre ou na igreja.

Ambas têm peculiaridades e necessitam de planejamento, para definir padrinhos, escolher a decoração, fazer orçamentos e ensaiar a cerimônia. Mas, afinal, qual delas é a melhor opção? Se você tem essa dúvida, continue lendo este post e confira os detalhes de cada uma!

Casamento ao ar livre

Em primeiro lugar, o casamento ao ar livre dá mais flexibilidade e liberdade para o casal fazer tudo do seu jeito. Nesse caso, praias ou campos são locais bacanas e deixam as fotografias de casamento sensacionais, — principalmente durante o dia, utilizando a luz natural.

O horário do pôr do sol também é perfeito para garantir o cenário do grande dia. Contudo, lembre-se de que cerimônias em dias quentes precisam de mais atenção. Então, disponibilize bebidas geladas, leques e lugares com sombras para os convidados. Já durante a noite, repelentes podem ser necessários.

Além disso, para quem quer economizar, o casamento ao ar livre é o mais indicado. Nesse caso, a decoração deve ser mais simples, sem extravagâncias, para combinar com o estilo rústico do ambiente ao ar livre.

Dependendo do local que você escolher, já haverá móveis e iluminação noturna adequados, senão será preciso providenciá-los. Outra vantagem é de que, ao ar livre, a distribuição de mesas pode ser mais dinâmica do que em um salão, onde a estrutura geralmente já está montada.

Quanto aos vestidos, é possível optar por modelos mais curtos, tanto para a noiva quanto para as convidadas — principalmente se for de dia. E os saltos não devem ser finos, já que não são adequados para pisar na grama ou na areia.

Para os homens, pode-se dispensar a gravata ou até mesmo usar jeans ou ternos de cores claras. Em geral, o traje escolhido é “esporte fino” (mas, se for o caso, essa informação deve constar no convite).

Ainda outro diferencial é que você mesma pode escolher quem vai mediar a cerimônia: um amigo, um líder espiritual ou um juiz de paz. E a entrada dos noivos também pode ser personalizada com mais liberdade do que na igreja.

Por que vale a pena

Em um casamento ao ar livre, você pode economizar com as taxas da igreja e realizar a cerimônia no mesmo local da festa, aproveitando a decoração. É possível ainda escolher locais inusitados e ter mais liberdade na escolha das roupas.

Alguns cuidados

Por outro lado, algumas religiões não aceitam cerimônias fora da igreja. Nesse caso, será difícil fazê-la ao ar livre. Além disso, é preciso se informar bem sobre a possibilidade de chuva e providenciar uma área coberta, para o caso de haver um imprevisto.

Casamento na igreja

Geralmente o casamento acontece na igreja quando os noivos — ou algum deles— são devotos de alguma religião, e fazem questão de se casar no local.

Inclusive, como dissemos, algumas religiões (como a Católica) não permitem rituais formais fora da igreja, apenas bênçãos. Se for o seu caso, será preciso respeitar essa exigência.

Em geral, paga-se uma taxa de utilização da igreja quando os noivos não são frequentadores assíduos. Além disso, é costume a realização de um curso de noivos para se aprender os preceitos daquela doutrina para o casamento.

Algumas igrejas já até possuem salões de festa atrelados ao templo, o que facilita o deslocamento dos seus convidados para a festa. Contudo, se a igreja for grande ou estiver precisando de reformas, a decoração pode sair mais cara.

Por que vale a pena

O casamento realizado na igreja respeita as suas tradições religiosas, e você já conhece exatamente qual é o conteúdo da cerimônia. Além disso, não há risco de o momento ser “estragado” pela chuva, e, se o local tiver climatização, os seus convidados também não passarão calor.

Alguns cuidados

Ao realizar uma cerimônia na igreja, pense no deslocamento dos seus convidados para o local da festa, para garantir que não será trabalhoso demais para eles.

Agora, se você ou a sua família querem ter uma cerimônia na igreja sem abrir mão de um local aberto, que tal unir as duas opções?

Duas cerimônias

Assim como o casamento civil pode ser feito em um dia separado da festa, você também pode optar por casar na igreja em um dia diferente e realizar uma cerimônia simples no dia da festa.

Nesse caso, o evento na igreja pode ser reservado às pessoas mais íntimas, como seus pais, irmãos e padrinhos, e o casamento ao ar livre se estende aos demais amigos e convidados, por exemplo.

Essa é uma boa opção para cidades muito grandes, em que a igreja escolhida fica longe do local da festa. E ainda é vantajosa para quem mora longe e não vai conseguir participar das duas cerimônias.

Por que vale a pena

Nesse caso, você terá uma bênção dupla: agradará aos religiosos e aos não religiosos e terá mais certeza de que todos os convidados estarão na cerimônia ao ar livre na outra ocasião, se for no mesmo local da festa.

Alguns cuidados

Contudo, é bem provável que vocês precisem de dois trajes, e paguem mais taxas. Então, leve isso em consideração na hora do orçamento.

Por fim, lembre-se que, mais importante do que o local, a cerimônia deve estar de acordo com as preferências dos noivos. Afinal, quem foi convidado para o seu casamento e quer compartilhar desse momento com vocês com certeza respeitará a sua escolha.

Em muitos casos a família pode até querer interferir, ou ajudar na decisão. Nesse caso, vale a pena ter uma conversa sincera, colocando os pontos que os levaram a optar por cada tipo de cerimônia e o que elas significam para vocês.

E aí, gostou do post? Então, agora que já sabe quais são as particularidades de cada opção, que tal ler um pouco mais sobre os benefícios de se ensaiar a cerimônia de casamento?

Gostou do nosso trabalho? Então compartilhe!

Mande-nos um email, e fique por dentro de todas as novidades.

Converse conosco pelo Whatsapp